Notícias > Notícias ABESPetro

14/01/2020

ANP autoriza Perenco a reiniciar produção

Mais notícias

Permissão foi dada após o atendimento a condicionantes de segurança operacional no Polo Pargo


A ANP autorizou a Perenco a retomar a operação do Polo Pargo na última sexta-feira (10/1). Segundo a agência, a permissão foi dada depois de análise que constatou o atendimento de condicionantes de segurança operacional.

Localizado na Bacia de Campos, o polo compreende os campos de Pargo Carapeba e Vermelho, adquiridos pela Perenco em 2019. Segundo a Marinha do Brasil, as plataformas Vermelho 1 (PVM-1) e Vermelho 2 (PVM-2) foram retiradas de operação em novembro do ano passado.

Nem a ANP nem a Perenco detalharam as razões pelas quais as unidades foram temporariamente desativadas, mas o PetróleoHoje apurou que isso aconteceu após a operações de fiscalização terem constatado não-conformidades nos equipamentos.

Uma fonte de um órgão de governo revelou que, inicialmente, o plano era estabelecer um cronograma da transição dos ativos, com metas a serem atingidas. “A interdição foi desnecessária. Se for assim, as transições de operações do plano de desinvestimentos da Petrobras serão desastrosas”, alertou.

Instaladas em lâmina d’água de aproximadamente 80 m, as plataformas Vermelho 1, 2 e 3 têm capacidade para produzir 12,580 mil bopd e 60 mil m³/d de gás natural. Seu primeiro óleo foi extraído em 1989.

Fonte: BE Petróleo | João Montenegro