Notícias > Notícias ABESPetro

15/03/2019

PetroRio planeja perfuração em Frade

Mais notícias

Companhia brasileira pretende iniciar sua primeira campanha no ativo da Bacia de Campos no início de 2020

A PetroRio planeja iniciar sua primeira campanha de perfuração no campo de Frade no primeiro trimestre de 2020. Segundo o diretor financeiro Blener Mayhew, a companhia brasileira estuda formas de acelerar os trabalhos exploratórios no ativo. 

 “Há interesse de empresas de drilling para financiar a operação. Seria uma situação interessante, que poderia destravar Frade antes do esperado”, revelou o executivo, durante conferência com analistas na última quinta-feira (14/3),

Em 2019, a PetroRio empenhará mais esforços e recursos no campo de Polvo, iniciando campanhas exploratórias nos prospectos de Copacabana, Leblon, Ipanema e Piratininga.A expectativa é por uma vazão inicial de 2 mil boed em cada um, com custo total estimado entre US$ 30 milhões e US$ 60 milhões. As perfurações nas áreas devem ser iniciadas em abril. 

Mayhew ressaltou que a petroleira pretende alcançar a marca de 100 mil boed pela ampliação de seu portfólio. “Temos histórico de aquisições, somos uma das líderes nesse mercado de óleo e gás e de geração de valor. Fizemos isso em Polvo, esperamos repetir em Frade. Buscamos adquirir ativos e investir neles”, assinalou o diretor. 

A produção da PetroRio gira atualmente em torno de 30 mil boed, volume alcançado após a aquisição de 70% do campo de Frade, anunciada em fevereiro, por US$ 400 milhões. A previsão é concluir a operação no segundo trimestre deste ano.

O apetite da companhia para ampliar o portfólio e aumentar sua produção será fortalecido pelos US$ 400 milhões via emissão de títulos de dívida na Noruega que a empresa pretende levantar, conforme anunciado esta semana. Serão promovidos road shows com investidores para tratar do assunto.

“Temos conversas em curso com bancos noruegueses. Parte desse valor será para as operações em Polvo e Frade e outra, para novas aquisições”, confirmou Mayhew.

Resultado financeiro 

 A PetroRio obteve lucro líquido de R$ 204,9 milhões em 2018, alta de 300% em comparação com o ano anterior. No mesmo período a receita líquida cresceu 59%, totalizando R$ 848,9 milhões.

Já o Ebitda ajustado foi de R$ 278,8 milhões, 209% maior na comparação com 2017. Além disso, as reservas 2P totais da companhia subiram de 12,9 milhões boe, em 2017, para 83,6 milhões de boe, no ano passado. 

Fonte: BE Petróleo | Bruno Postiga