Notícias > Notícias ABESPetro

05/12/2018

Obra de pavimentação da pista do Aeroporto de Macaé é concluída

Mais notícias

A previsão é que a partir de março de 2019 voos comerciais sejam retomados na cidade

Empresários que compõem as instituições organizadoras do Repensar Macaé visitaram ontem o Aeroporto de Macaé com objetivo de acompanhar de perto o andamento da obra de reforço estrutural da pista de pousos e decolagens, elevando a capacidade de segurança para operações de aeronaves de maior porte, que integram a logística aérea regional. Transportados num micro-ônibus, os representantes de empresas e de instituições viram de perto a conclusão da pavimentação da pista, que passa a ter uma extensão de 1200 metros de comprimento por 30m de largura no total.

Toda a visita ao local foi acompanhada pelo superintendente da Infraero do Aeroporto, Wagner Martins. O novo projeto de obra da pista prevê a elevação, de 7 para 19, do PCN (Pavement Classification Number), permitindo, assim, pousos e decolagens de aeronaves ATR72, com capacidade para 70 passageiros, que operam nos principais aeroportos regionais do país.

“Até o final deste mês toda a pintura de sinalização da pista será concluída. Ainda estamos aguardando a chegada de equipamentos, que estão vindo do exterior, para poder passar os cabos elétricos de balizamento da pista e interseções. A previsão é que a partir de março o Aeroporto de Macaé esteja homologado, permitindo a operação de voos comerciais”, disse Wagner Martins.

A visita registrou a defesa da instituição à execução do projeto, que garantirá o retorno dos voos comerciais na base macaense, reintegrando o Aeroporto local à rota regional de voos domésticos no país. “A Abespetro lutou para que esse projeto fosse consolidado, diante da demanda levantada pelas instituições empresariais que defendem a nova agenda do petróleo, como garantia de sustentação da importância de Macaé para as operações de óleo e gás. A obra foi muito bem executada e de qualidade. Se houver uma operação com tarifas competitivas o aeroporto irá ganhar bastante aumento de fluxo de passageiros”, afirmou o secretário executivo da Abespetro, Gilson Coelho.

Fonte: ODEBATEON | José Eduardo Silva