ABESPetro - Libra pode ter declaração de comercialidade antecipada

Notícias > Notícias ABESPetro

17/08/2017

Libra pode ter declaração de comercialidade antecipada

Mais notícias
Petrobras solicitou declaração antecipada de olho na recuperação de custos do projeto; ANP realiza semináro técnico da 2ª e 3ª rodadas de partilha

O consórcio de Libra, formado pela Petrobras, Shell, Total, CNPC e CNOOC, quer antecipar a declaração de comercialidade do ativo, prevista em contrato para 1º de dezembro. De olho na recuperação de custos, o grupo planeja entregar a declaração no fim de outubro, um mês depois de iniciada a operação do FPSO Pioneiro de Libra, que ficará responsável pelo teste de longa duração do campo.

Com a declaração de comercialidade, o consórcio de Libra começa a poder usar até 50% da produção para recuperar custos passados. Sem essa etapa, o grupo fica impedido de recuperar os custos do projeto, já que toda produção é considerada óleo lucro (profit oil). Instalado na parte Noroeste do ativo, a produção do primeiro TLD deverá variar entre 45 mil b/d e 50 mil b/d de óleo.

A meta de outubro depende da aprovação da ANP e está vinculada ao início de produção em setembro do FPSO Pioneiro de Libra, que passa por reparos depois que um acidente com seu guindaste impediu a entrada em operação originalmente prevista para julho. O plano do consórcio é apresentar a declaração um mês depois de produzido o primeiro óleo do projeto.

O consórcio também solicitou à ANP reconhecimento do cumprimento do programa de avalição do ativo. Os dois pedidos foram encaminhados à agência antes do incidente com o FPSO Pioneiro de Libra e discutidos pelo colegiado da agência nesta semana.

Originalmente, o plano de avaliação proposto pelo consórcio previa a perfuração de três poços e a realização de um TLD, sendo que mais recente foram incluídos outros quatro poços na área Noroeste do ativo.

O TLD ficará interligado a dois poços, o RJS-739 e RJS-742, um produtor e outro injetor, respectivamente.

Primeiro ativo do regime de Partilha, a área de Libra foi arrematada em outubro de 2013, sendo que a assinatura do contrato ocorreu em dezembro.

2ª e 3ª rodadas de partilha

A ANP realiza na manhã desta quinta-feira (17/8) o Seminário Técnico da 2ª e 3ª Rodadas de Licitações de Partilha de Produção, no auditório do Centro Cultural da Fundação Getúlio Vargas, em Botafogo, no Rio de Janeiro, RJ. O evento terá início às 9h30, com credenciamento a partir das 8h30.

Fonte: Brasil Energia